O que não se deve falar para uma criança

13 de outubro de 2014 24 comentários

Palavras são proféticas.

Elas podem trazer benção com maldição na vida das pessoas, principalmente das crianças. 

Pensando nisso, lendo e pesquisando sobre o assuntos deixo aqui 10 coisas que não 
devemos dizer para as crianças.

 Vale a pena ler, já que isso pode influenciar (e muito!) na personalidade delas.

1 – Não rotule seu filho de pestinha, chato, lerdo ou outro adjetivo agressivo, mesmo que de brincadeira. Isso fará com que ele se torne realmente isso.

2 – Não diga apenas sim. Os nãos e porquês fazem parte da relação de amizade que os pais querem construir com os filhos.

3 – Não pergunte à criança se ela quer fazer uma atividade obrigatória ou ir a um evento indispensável. Diga apenas que agora é a hora de fazer.

4 – Não mande a criança parar de chorar. Se for o caso, pergunte o motivo do choro ou apenas peça que mantenha a calma, ensinando assim a lidar com suas emoções.

5 – Não diga que a injeção não vai doer, porque você sabe que vai doer. A menos que seja gotinha, diga que será rápido ou apenas uma picadinha, mas não engane.

6 – Não diga palavrões. Seu filho vai repetir as palavras de baixo calão que ouvir.

7 – Não ria do erro da criança. Fazer piada com mau comportamento ou erros na troca de letras pode inibir o desenvolvimento saudável.

8 – Não diga mentiras. Todos os comportamentos dos pais são aprendidos pelos filhos e servem de espelho.

9 – Não diga que foi apenas um pesadelo e mande voltar para a cama. As crianças têm dificuldade de separar o mundo real do imaginário. Quando acontecer um sonho ruim, acalme seu filho e leve-o para a cama, fazendo companhia até dormir.

10 – Nunca diga que vai embora se não for obedecido. Ameaças e chantagens nunca são saudáveis.


24 comentários:

  • Genis Borges disse...

    Oi Toninha, que post maravilhoso! Palavras são proféticas, eu creio nisso e tento sempre colocar em prática.
    Bjs

  • Dulcinéia de Sá disse...

    Acho muito legal essa lista. Eu tenho um post em rascunho sobre esse mesmo assunto que ainda não publiquei. A primeira vez que vi essa lista foi em um livro que li. E desde então sempre procurei tomar cuidado. Na época minha filha mais velha era apenas um bebê. Hoje ela já está com 9 anos e minha filha mais nova já está com 4 anos. E vejo elas crescendo feliz com a mente saudável. E como elas acreditam naquilo que falamos!
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

  • melissa disse...

    Eu li essa matéria também!!
    Realmente tem algumas coisas que não devemos falar! A questão da injeção eu sempre falei a verdade e o nosso exemplo,como sempre é essencial!
    Bjs

  • Priscila Casimiro disse...

    Olá.

    Adorei o seu post.
    É o que sempre digo, temos que educar os nossos filhos com atitudes e não só com palavras.

    Bjs, Pri
    Mãe Sem Frescura
    www.maesemfrescura.net

  • Mamães Facilidades e Dicas disse...

    Mesmo antes de ter filho eu já tinha isso em mente. Todos os itens aqui citados são de extrema importância. Adorei
    Beijos
    Adri
    www.mamaesfacilidadesedicas.com

  • Verônica Pataro disse...

    Nossa fantástico, amei esse post Toninha, todos os pais deveriam ler isso!

    Abraços!
    www.pipocasemaquarela.com

  • Leteia Bispo disse...

    Ótimas dicas
    aqui procuro não fazer nada disso que você citou
    Bjus
    Segredosdaluma.blogspot.com.br

  • Jamilly Lima disse...

    Toninha concordo com tudo que escreveu. Tenho que me vigiar até as no não chore. Beijos

  • Dulcinéia de Sá disse...

    Amiga voltei aqui pra dizer que tem selinho no meu blog pra você. Passa lá e pega o seu. Espero que goste!
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com.br/2014/10/selo-de-premiacao-very-inspiring.html

  • Dulcinéia de Sá disse...

    Amiga voltei aqui pra dizer que tem selinho no meu blog pra você. Passa lá e pega o seu. Espero que goste!
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com.br/2014/10/selo-de-premiacao-very-inspiring.html

  • Gisele Cirolini disse...

    Ótimas dicas, é muito importante cuidar o que se fala e o que se faz para as crianças.

    Bjs,
    www.soumae.org

  • Geri Ferreira disse...

    ai bom saber .
    Adorei seu post.
    Dicas uteis pra mim.

    Beijos
    Geri Ferreira
    WWw.encantodemeninablog.com

  • Nanda Gonçalves disse...

    sempre achei errado e complicado essa
    maneira que a s pessoas tem de rotula as crianças, tarefas por aqui é vá fazer rs já errei pedindo pra Isa parar de chorar, mas aprendi
    ótimas dicas

    Linda Tarde
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

  • Shairane Mello disse...

    Concordo com vc em não alar essas coisas para as crianças, eu tomo muito cuidado com o Rafa
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

  • Cibele Lima disse...

    Muito bom post adorei as dicas temos mesmo que pensar duas vezes antes de falar qualquer coisa para uma criança bjo

  • Andreia Sales disse...

    Minha relação com meu filho é pautada na confiança, sempre digo a verdade pra ele. Para que ele sempre saiba o que esperar. Bjks
    www.maevaidosa.com

  • Mari Visconti disse...

    Bem assim mesmo. Eu ja tinha lido esse texto e so achei meio exagerado o ultimo ponto. Mas e' o caminho.

    Bjos
    www.clubedafraldinha.com

  • Katiuscia Oliveira disse...

    Interessante sua postagem! tenho um filho de 2 aninhos e sei bem como é dificil educar! passamos por várias situações como as descritas e somente com muito amor consigo lidar com tudo isso.Parabéns pelo blog,já te seguindo. bjs!!
    http://teartricobykatiuscia.blogspot.com.br/

  • Juliana Pelizzari Rossini disse...

    Adorei o post Toninha...
    Sim, palavras são proféticas e sendo assim, devemos tomar muito cuidado...
    Aqui em casa eu sempre falo para o maridão não falar palavrão, mas é difícil... Ai tenho que corrigir o filho e dizer que essas palavras são feias...
    Bjs
    Ju
    http://www.maesemfronteiras.com.br/

 

©Copyright 2013 - Todos os Direitos Reservados - Toninha Ferreira Mundo Mãe | Design By Arte e Design