Mãe de Adolescentes

28 de novembro de 2013 19 comentários

Tenho recebido vários e-mails de Mães de Adolescentes que me contam diversas situações com seus filhos e me pedem um conselho, ou até mesmo uma palavra de consolo.
Um dos assuntos que mais tem me chamado a atenção é a dificuldade que algumas mães estão tendo de saber administrar o momento de começar a "liberar" os seus filhos a saírem. Confesso que não é uma tarefa fácil. Se pudéssemos ficaríamos com nossos pequenos o tempo todo do nosso lado.

Eu também me faço a mesma pergunta: quando é a hora de seu adolescente começar a ter uma vida social noturna? Realmente é muito difícil lidar com isso, e não quero parecer e eu estou a quilômetros de distância de me rotular como uma “Mãe que sabe tudo" e muito menos tenho a pretensão de ser uma “Mãe exemplo”, toda eu sabemos aonde o “calo aperta” e qual atitude tomar, apenas tenho a minha maneira de administrar essa situação que já chegou aqui em casa a algum tempinho...

Sou contra um adolescente ter uma vida noturna regular, acho cedo demais para isso, precoce eu diria, mas como fazê-los entender isso em uma época em que tudo pode tudo é legal e principalmente tudo é careta? Con-ver-san-do por incrível que pareça esse é o método ideal. Mas tem hora que só conversa não adianta a teimosia é tamanha e eles se acham.

Lógico que não precisamos ser radicais, eu não sou. Procuro entendê-los da melhor forma possível.

Sempre tem uma festinha na casa de alguém, dormir na casa de um amigo, ir ao shopping. Balada? Casa noturna?? Não, isso não.

Quando tem festa/aniversário na casa de alguém, ok sem problemas, Levar e buscar é o melhor negócio, conversar com os donos da casa sempre e principalmente colocar horários, o nosso horário claro, porque se deixar por eles... Só de manhã rsrsrsrsr costumo não deixar passar da 1h00min.

Dormir na casa de amigo? Só se a mãe for como eu, porque vamos combinar que tem mães que não estão nem aí para horários e regras, e eu não gosto disso, eu ligo, eu converso, troco ideia, sei onde é a casa do amigo e também coloco horário para voltar para casa.

Shopping? Sem problemas obviamente se for de dia e com horário para voltar também.

Balada, Casa Noturna, já fui muito e ainda vou se for preciso. Não é porque tem namorado que aqui em casa corre solto rsrsrsr. Assim aproveito também pra conhecer os amigos, dar conselhos e me divertir também.
Mas tudo isso NÃO É REGULARMENTE!!!!!! Tem que fazer por merecer!!!!!

E isso tem que funcionar, vocês não tem que ter medo do seu filho, ele vai te questionar querer saber os porquês de tudo, vai dizer que tem responsabilidade, que não é justo, que ninguém o entende que tem direito de se divertir, que não vai fazer nada de errado e mais um milhão de justificativas para poder fazer o que quer. Não se preocupe está acontecendo aí acontecendo aqui também, eles são todos iguais, são todos adolescentes querendo ganhar o mundo e se achando o máximo.

Nós também já fomos já pensamos assim, só que os tempos eram outros, os perigos eram outros e agora estamos do lado de cá dessa história, seu filho precisa saber e principalmente entender que nós já fomos adolescentes também e que já fizemos tudo que eles estão querendo fazer hoje...

Seu filho precisa ter você como amiga, como companheira, como cúmplice, mas nunca esquecer que antes de ser tudo isso, você é a MÃE dele, você sabe o que é melhor para ele.

Converse, explique, coloque limites, saiba argumentar e nunca, nunca se sinta culpada por dizer NÃO, dizer não é um ato de amor pelo seu filho.

E minha amiga, lembre-se de que uma pessoa com quatorze, quinze anos ainda não tem maturidade para decidir se pode ou não sair a noite, essa é a humilde opinião de uma Mãe de Adolescente.

Beijo
toninhavr@hotmail.com


19 comentários:

  • Jack Lins disse...

    Olá menina,
    Ser mãe de adolescente é algo muito dificil mesmo.
    Os meus optaram por morar com o pai, já tem um ano.
    E, infelizmente, um dos motivos que ouvi recentemente é que lá eles são mais "livres".
    Hoje, não posso mais controlá-los como fazia há um tempo atrás, mas sempre que posso, ainda tento controlar. Sei que eles não podem dormir fora de casa, e que tem que chegar em casa até meia noite, mas me assustei quando numa sexta feira liguei as onze e pouco e soube que meu filho(17) não estava em casa, mas que estava chegando, já havia ligado, pois tinha ido a casa de um amigo após o curso.
    Tenha procurado não me "culpar" demais por eles terem feito essa opção, tento colocar na minha cabeça que fiz o melhor que pude,e que a base da boa educação foi plantada por mim, mas dói muito ouvir de um filho o que eu ouvi.
    Acredito que temos que desde sempre mostrar o que pode e o que não pode, aliás tudo pode, mas nem tudo nos convêm, sempre fiz dessa forma com eles.
    Bem, é isso.
    Tenha uma linda semana, estou voltando aos pouquinhos depois de quase um mês afastada dos blogs.
    Beijosssssssssss

  • Desirée Tapajós disse...

    Toninha excelente post, não quero nem pensar quando chegar minha vez, pois já pensou 3 adolescentes de uma vez só, Deus me der muita sabedoria para guiar minhas meninas.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

  • Anne Lieri disse...

    Toninha,um texto muito bom! Minha filha hoje tem 19 anos mas eu sempre fiquei alerta onde ela ia, com quem, que horas voltava,etc...hoje confio nela pra ir a qualquer lugar,pois a criei com muito juizo...rss...bjs,

  • Shairane Mello disse...

    Não deve ser nada fácil adolescentes são difíceis e quando querem sair a noite afff
    Eu nunca fui de sair a noite, espero que o Rafa seja assim tbm ;)
    bju
    Estou Crescendo


  • Jamilly Maedolucas disse...

    ótimos conselhos, to pensando quando for minha vez.
    Fui uma adolescente que só gostava de ir ao cinema e praia com as amigas, não dei trabalho e nunca dormir fora. Espero que meu menino seja parecido.

    beijos

  • Leila Nassif disse...

    Concordo com vc sobre horários e regras.
    A minha pré adolescente já pede para ir no shopping, casa de amigas, point de adolescente eu ainda não deixei acho cedo ela só tem 12 aninhos, prefiro as amigas aqui do que em casa.
    Bjs
    http://soumaedecinco.blogspot.com/

  • Bruna Gabriela disse...

    Nossa, esse tipo de assunto já da dor de cabeça kkkkkk Ainda bem que o Davi só tem 1 ano ainda... tenho tempo para me preparar rsrs

  • Prioridade de Mãe disse...

    Ai já fiquei de cabelo em pé só de pensar quando minha filha que hoje está com 8 anos ficar adolescente e me pedir para sair a noite, sendo que não deixo ela chegar nem no portão. Sou muito cuidadosa, medrosa, nosso mundo está muito perigoso e temo acontecer algo com ela. Mas um dia ela vai crescer e terei que controlar essa minha insegurança.

    Ótimas dicas.

    Bjos*

    http://prioridadedemae.blogspot.com.br

  • Cléo Moretti disse...

    Amiga, adolescentesssssssss!
    Eu me vejo daqui alguns anos com dois quase que ao mesmo tempo e vou me lembrar muito das suas palavras :)
    aimmmm!

  • **Lih** disse...

    Olá,

    Saiu o resultado da Troca de Cartões de Natal! Vem conferir!
    Obrigada por participar, boa troca!

    Beijos!

  • Carlah Ventura disse...

    Olha é uma situação bem complicada e temos mesmo que saber lidar, aqui estou me preparando pra quando chegar a hora.
    BJs

  • Raíssa (: disse...

    Olá Toninha!
    Vim conhecer a minha parceira na troca de cartões de Natal do cantinho da Lih. Já estou te mandando um e-mail com meu endereço e espero o seu, ok?!

    Ah, achei super legal seu cantinho e aproveitei pra seguir e também curtir :)

    beijinhos ;*
    http://noostillo.blogspot.com.br/

  • Roberta Aquino disse...

    Nossa amiga ... realmente não deve ser nada fácil! Confesso que já me pego pensando nisso, apesar da luma ainda ter 3 aninhos ... hehehee ... tenho lido bastante e visto muitos programas sobre o assunto. A única coisa que eu sei é que quero ser parceria, não quero errar com ela para que não venha mentir como fiz muito por falta de conversa e parceria com meus pais ... acho péssimo. Ótimo post!

    Beijos e Bom domingo pra vcs!

    Roberta e Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/
    http://motivosparaestareserfeliz.blogspot.com.br/

  • Chris Ferreira disse...

    OI Toninha, essa é uma hora muito difícil mesmo. E é difícil também falar da adolescência no blog, pois os adolescentes se sentem muito expostos (pelo a menos a minha filha se sente). Adorei o seu post e a forma como você pensa é bem parecida com a minha.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

  • Chris Ferreira disse...

    OI Toninha, essa é uma hora muito difícil mesmo. E é difícil também falar da adolescência no blog, pois os adolescentes se sentem muito expostos (pelo a menos a minha filha se sente). Adorei o seu post e a forma como você pensa é bem parecida com a minha.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

  • Cris Philene disse...

    Amiga... não quero nem pensar... mas pode ter certeza que venho consultar seu "manual", bjs

 

©Copyright 2013 - Todos os Direitos Reservados - Toninha Ferreira Mundo Mãe | Design By Arte e Design