Quando a criança só quer a mamãe

12 de novembro de 2012 10 comentários

Muitas mães enfrentam esta dificuldade e a resistência de seu filho de só querer ela e não ficar com outra pessoa.

Para evitar deixar os filhos muito pequenos em creches, alguns  optam por uma babá ou contam com a ajuda dos avós. Porém, basta a mãe sair para que a criança abra o berreiro.


Este comportamento é natural, nas primeiras vezes em que os bebês se distanciam das mães. Para criança a mãe é sempre vista como o modelo protetor, aquela que nutre, acolhe e protege.


Se a adaptação estiver complicada, os pais precisam entender que o seu que o excesso de zelo gera dependência nos filhos. Tem mães que quer fazer tudo sozinha pelo filho e não permite aproximação dos outros para ajudar, isso pode atrapalhar o desenvolvimento social da criança. Ela terá que ter consciência de esta postura não irá durar para sempre.
para auxiliar nesse processo de separação é preciso ir afastando-se aos poucos de seu filho, para não acarretar traumas.

O método consiste em adaptar o pequeno, gradualmente,  a mãe deve procurar ficar cada vez menos tempo com a criança. Desta forma, ela se sentirá segura e perceberá que mãe sempre volta pra buscá-la.

Até um ano de idade, é esperado que leve entre três e seis meses para se adaptar com a nova situação, já entre um e três anos a expectativa é que a adaptação aconteça entre um e três meses. Caso a criança continue infeliz, é importante que os pais fiquem atentos. Se ela não quiser ficar com o adulto, você pode se questionar se existe alguma razão pessoal. Talvez não seja uma boa ideia forçar o seu filho a ficar com este cuidador específico.







10 comentários:

  • Andreia Cristina disse...

    Ei Toninha!

    Hum, assunto interessante. Até que não tive "problemas" com isso. Espero não ter, rs.
    O Álvaro se adapta super bem.

    Beijo!

  • Jussara Silva disse...

    Oi Toninha! Muito bom este post. Obrigada por participar do sorteio. Boa sorte e bom fim de semana. Bjs.

    Jussara
    http://caminhandonaarte.blogspot.com.br

  • Luana Rampin Garcia disse...

    oie...adoramos seu cantinho e já estamos seguindo...se der vem conhecer a gente tbm!!! bjo Luana
    www.segunda-viagem.blogspot.com.br

  • V@léria S@ndry mamãe de Gustavo e Gabriela disse...

    Até que enfim consegui seguir este seu cantinho Oba! Parece que vc tá falando diretamente pra mim, acredita que a minha gatinha tá um grude que só kkk adoro mas as vezes incomoda, ótimas dicas.
    Bjinhus

  • Aline Wahlbrink disse...

    http://aartedaartesa.blogspot.com.br/2012/11/um-meme-recebido.html

    Este é o link do Meme q eu te mandei...
    Entre lá e participe!

    Beijos

  • Adriana Ranzi Curioni disse...

    Oii Toninha!! td bem??? Que lindo esse seu blog!!! Nem me fala que esse tema é meu problema oficial!!! Mas agora eu estou conseguindo resolver ele aos poucos!!! Na verdade, nós é que mais sofremos, porque logo eles nos esquecem, porque a choradeira passa! Semana que vem conto tudo como foi lá no meu blog!!!

    Um abraço e obrigada pela sua visita!!!!

    Muito aconhegante seu cantinho!!!

    Adriana
    www.minhamaricotamaricotinha.com

  • Ane Caroline disse...

    Olá boa noite, me chamo Carol, sou mãe da Anne, o meu problema é muito comum,a diferença é que geralmente isso acontece com crianças mais velhas, minha filha só tem dois meses e 16 dias e só quer meu colo, só quer ficar comigo e mais ninguém nem mesmo o pai. Eu moro ao lado dos meus pais e vou lá todos os dias mais mesmo assim ela não vai no colo de ninguém, chora tanto que perde o folego, o que eu faço?? Logo logo vou voltar a trabalhar e estou sem saber o que fazer.

 

©Copyright 2013 - Todos os Direitos Reservados - Toninha Ferreira Mundo Mãe | Design By Arte e Design